E vocês, onde estão quando fecham os olhos?

30livesfocus

Já se aperceberam que a página Minorkisses no facebook tem tido a minha carantonha dia sim, dia também? E mexe-se e produz sons… É. São os diretos do desafio 30livesfocus. Lançado pela única e autêntica coach Catarina Louçada, da Focus. Poderão saber mais sobre ela aqui. Não se acanhem, conheçam-na, ficarão apaixonados no primeiro minuto de um vídeo qualquer. E isto, eu garanto-vos. E poderão acompanhar-me nos diretos, aqui, mesmo que não tenham facebook, conseguem ter acesso, ora experimentem lá.

Neste desafio abro muito mais o livro da minha vida. Mas também quem me segue pode interagir muito mais comigo. E, de facto, a interação é muito importante para mim. Também me ficam a conhecer melhor. E penso que perceberão que sou autêntica. Que sou aqui, em letras, o que sou em pessoa. Que não uso artefactos, nem sequer deixo de ser a tipa sarcástica. Que critico tudo, mesmo a mim própria! E sempre sem papas na língua!


30livesfocus. Certo. Mas Porquê??

A vontade de entrar no desafio foi quase imediata… “Então mas já não fizeste o desafio do 21diretos21dias? Não fazes mais nadinha na vida? Tens complexo de vedeta? Tu gostas é de pôr a carantonha em todo o lado! Tens a mania qu’és boa!” Efetivamente é isto tudo e muito mais! Oh lá, se é! Apanhada! Neste desafio tenho um guião, onde falo muito sobre mim, que é do mais interessante que este mundo tem (aqui entre nós, foi por isso que me deixei envolver nesta história…). E, convenhamos, é do que mais gosto de falar! Sou fantástica a esse ponto! Palavra de Minorka!

Ao longo destes diretos já fui falando do blog, da marca Minorkisses, das minhas paixões, do que me inspira. Dei dicas. Partilhei conhecimentos secretos, fiz agradecimentos e falei da vida em geral. E ainda nem a meio vai o desafio. Não tarda estou a falar de que lado da cama gosto de dormir (do lado da janela) e com quem sonho (na! esta, a contar, só nos diretos!). Tenho falado muito na vida. No que é a vida e como devemos encará-la. Tenho tentado explicar em som, as palavras que aqui tenho deixado escritas. Dando a perceber quais as nossas obrigações enquanto indivíduos pertencentes a uma sociedade. Uma sociedade que se pretende mais justa, mais humana. Mais respeitadora, do outro e da Natureza. Isto tudo no 30livesfocus.


Os Piolhos, Tal Como Os Juízos De Valor, Saltam De Cabeça Em Cabeça

Os pensamentos que aqui escrevo e partilho, faço-o de igual forma nos diretos 30livesfocus e, por vezes (como ontem), falo um pouco sobre o meu percurso de vida. Na quarta-feira dizia que não devemos ter vergonha de sermos humanos. E de facto muitas vezes temos vergonha e até medo de mostrar sentimentos. Achamos que perdemos respeito ou autoridade por estarmos tristes num qualquer dia. Ou o oposto. Temos medo de nos divertirmos, porque podemos ser vistos por pessoas ligadas ao trabalho. E apenas um episódio é suficiente para que, em certas cabecinhas diminuídas, se criem juízos de valor, bem como piolhos. Mas os piolhos, tal como os juízos de valor, saltam de cabeça em cabeça. E sem tratamento forte, indo até à raiz, o piolho, tal como as histórias e cantigas de maldizer, não se eliminam.

Andor.

Quanto a mim podem (continuar) com os juízos de valor. Não vai ser a partir de hoje que me vão incomodar. E que os piolhos passem de cabeça em cabeça que não tenho problemas com isso. Afinal, a verdade é como o azeite, vem sempre ao de cima. Se alguma vez aparentei ficar afetada pelas cantigas de maldizer, foi talvez pelo facto de pessoas ditas amigas, o permitirem sem palavra alguma de reposição da verdade. Sim, porque me interessa a opinião de pessoas que (aparentemente) me são próximas. Afinal se me conhecem, só caem na conversinha se têm outros interesses a defender. E nesse caso, nem próximas nem coisa nenhuma. Andor.

Mas ontem o direto 30livesfocus, foi sobre a minha experiência de vida. Falei especificamente de uma experiência de tal forma rica que me moldou de formas incríveis! Sim, eu sou mesmo incrível, invejosos!


A Vida Não Tem De Ser A Correr

A vida pode ser vivida de forma leve, intensa ou assim-assim. E eu posso dizer-vos que nunca vivi nada que não fosse de forma intensa (bem, nada nada também não). Vivi muito e tudo o que me apaixonou de forma profunda. E não estou a dizer com isto que acabou e agora vou viver assim-assim. Nem pensar em tal coisa! Sinto uma viragem a acontecer e estou empolgada (não “empulgada”, atenção) e cheia de vontade de onde me vai levar.

Durante 2 fabulosos e inesquecíveis anos, vivi em Cabo Verde. Posso assegurar-vos que se não foram os melhores anos da minha vida, são fortes candidatos ao prémio. A mudança de uma cultura europeia (ainda que seja em Portugal) para uma cultura africana, foi inicialmente dolorosa. Mas depois de aceitar o estar longe de casa, dos meus amigos, do meu mundo tão ativo, comecei por me apaixonar por aquele modo de vida. Não consigo colocar em palavras todos os sentimentos que aquela terra ainda hoje me faz sentir. Dizem que quem vai a África nunca mais esquece. E é bem verdade. Os cheiros, o movimento, o som de crianças a brincar na rua, a comida, a vida simples…

Sem artefactos.

Aprendi imenso naquela terra. Sou uma pessoa muito melhor por ali ter passado. Sou ainda menos preconceituosa do que já era (e já era muito pouco). Acredito muito mais que a vida não tem de ser a correr. Dou mais valor a cada momento. Tenho sempre vontade de lá voltar. E faço umas viagens baratas de vez em quando. Ouço umas músicas que muito por lá dancei (nada a ver com o que se dança aqui, por favor, tirem ¾ do esfrega-esfrega, no mínimo), fecho os olhos e estou lá.

E vocês, onde estão quando fecham os olhos?

 

Comments

  1. Pingback: A partir de agora vou trazer-vos as Imagens Da Semana.

  2. Andreia Morais

    É incrível como há lugares que nos marcam para sempre. E torna-se inspirador ver tudo aquilo que por lá crescemos.
    Quando fecho os olhos, imagino-me na minha bela cidade do Porto, mas também me vejo a percorrer Portugal de Norte a Sul

    Beijinhos

    1. Post
      Author
  3. Post
    Author
    Minorka

    Não faço (para já), mas mesmo não usando faz lá um gosto na página e ativa as notificações (se quiseres) nos meus diretos. Tem em cima os 3 … e clicas aí e ativas notificações, ou no seguir, clicas lá e ativas.
    Seja como for, mesmo que não tenhas facebook consegues ver. Estou a adorar! Eu aviso quando começar nos stories! 😉
    Beijocas!

  4. Claudia - Mulher XL

    Minorka, gostava imenso de ver os teus vídeos, mas não uso muito o FB (só posto coisas, não vejo as publicações de outras pessoas). Estou mais no Instagram. E fazeres stories para o IG? gostava muito 🙂
    beijinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.