O sofrimento educa, sem ele nunca deixaríamos de ser imaturos.

A dor educa

A Dor Educa?? A mim magoa! Todos já experienciámos sofrimentos nas nossas vidas. Há muita dor para contar. Vivências boas, vivências menos boas e vivências mesmo más.

Uns mais do que outros, todos temos situações que desejaríamos que nunca tivessem acontecido. Decisões de que nos arrependemos, pessoas que permitimos que entrassem nas nossas vidas, trabalhos que aceitámos, profissões que escolhemos. Todos cometemos erros. Afinal, somos todos humanos, uns mais do que outros.


A Dor Educa ou é Karma?

Há erros cometidos uma única vez, mas que são o bastante para nos mudar a vida completamente e para sempre. Sofremos enganos de outros ou mesmo de nós próprios, enveredando por caminhos que nos farão sofrer. Mas A Dor Educa. Geralmente somos responsáveis pelo que nos acontece, contudo, não é regra. E torna-se difícil aceitar acontecimentos que não podemos controlar. E quando nos vemos envolvidos em situações (por circunstâncias e coincidências ridículas), que parecem estar ali apenas e só para nos tramar? Será karma!?


Lidar com os NÃOS da vida

Há de tudo um pouco. Há ilusões, desilusões, descontentamentos que, lamentável mas inevitavelmente, nos impõem descrenças (ou crenças) na vida e nos outros. Angustias e desesperos que nos transformam enquanto pessoas e nos mostram uma diferente perspetiva da vida. E vamos aprendendo, porque A Dor Educa. Essas transformações, pequenas ou grandes, são cruciais para a nossa constante aprendizagem. É um processo obrigatório para o nosso crescimento interior. O sofrimento e A Dor Educam, sem eles nunca deixaríamos de ser imaturos. Na vida ninguém foge às dores. É, portanto, crucial aprender a lidar com frustrações, com sofrimentos, com os NÃOS da vida (e são muitos).


A vida não tem de ser perfeita, isso é utopia

Sentir dor é natural. A dor emocional ou interior é tão ou mais intensa do que a exterior ou a física, simplesmente não se vê. Por muito que a dor interior seja desvalorizada e até descriminada, é ela que nos faz quem somos e quem seremos.  É essa a Dor que nos Educa.

Nos tempos de hoje evita-se o sofrimento a todo o custo. Porém, nem sempre a vida decorre sem nos trazer alguns desgostos. São inúteis o queixume e a frustração de quem não sabe lidar com as dores. A vida não tem de ser perfeita, isso é utopia. Terão sido as estórias dos “Felizes Para Sempre” que nos levaram a esse engano. A dor é tão natural como a alegria, e quanto mais depressa percebermos e aceitarmos isso, mais rapidamente saberemos curar as feridas e avançar, não desperdiçando momentos de felicidade. Não vos digo para nos resignarmos às partidas da vida, digo sim, que devemos saber que estarão sempre presentes na nossa vida e que é importante sabermos lidar com elas com maturidade.


A vida é um constante processo de aprendizagem

Assumir que se sofre não é mostrar fraqueza, mas sim assumir que se é humano. Se fizermos uma reflexão rápida à nossa vida, percebemos que foram os piores momentos que nos levaram a crescer. Que nos transformaram e ensinaram. São esses momentos que nos levam a perceber que, efetivamente, A Dor Educa.

A vida é um constante processo de aprendizagem e transformação, e para evoluir é imperativo saber enfrentar desconfortos. Só assim se vive em pleno, só assim se aprende, só assim evoluímos.

estrada-ingreme-a-dor-educa

Photo by Nuno Silva on Unsplash

Outros artigos igualmente interessantes:

. Ética Social – Realidade ou Ficção

. Mudar o Mundo | ACMA

. Zona de Conforto | ACMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *