Desafio 21 Dias 21 Diretos – Review e pontos nos ii’s

Desafio 21 Dias 21 Diretos

Hoje tenho uma missão. Dolorosa, ingrata. Mas sou obrigada a tranquilizar-vos, de vos assegurar que a minha saúde mental está controlada. Desafio 21 Dias 21 Diretos (anunciado aqui)/ a teoria dos 21 dias. Sim, este número pode ser considerado poderoso. Sim, esta coisa de andar pelas ruas a falar para um telemóvel tem uma razão (verosímil) de ser. Não, não deixei de tomar os comprimidos. Tudo sob controlo. Também não busco os meus minutos de fama, dispenso-os.


Desafio 21 Dias 21 Diretos e a Teoria dos 21 Dias

A teoria dos 21 dias está um pouco por todo o lado. Há dietas de 21 dias. Há movimentos para uma vida mais saudável de 21 dias. Há desafios para transformar a vida, criar e mudar hábitos em 21 dias. Reprogramação do cérebro em 21 dias. Portanto isto dos 21 dias está metido um pouco em todos os assuntos. E daí o Desafio 21 Dias 21 Diretos no Facebook. Há pesquisas que afirmam que 21 dias são o suficiente para se adquirirem hábitos, sejam eles de que natureza for.

Esta teoria dos 21 dias foi criada pelo médico cirurgião plástico Maxwell Maltz (americano, portanto tudo certo) que, ao observar os seus pacientes, apercebeu-se que havia um período de 21 dias até aceitarem e interiorizarem a sua nova imagem. Não só este mas outros fenómenos observados, mostraram a necessidade de pelo menos 21 dias, para que uma imagem mental se dilua formando-se uma nova.


«Mude a Autoimagem e Mude a Personalidade»

Portanto, se quiserem reprogramar o vosso cérebro para uma dieta, um novo comportamento ou seja lá o que for que vai nas vossas cabecinhas, comecem sempre com o objetivo de o conseguir pelo menos durante 21 dias.

E isto é psicologia. Psicologia positiva, o poder do pensamento positivo e psicologia da autoimagem (segundo a pesquisa que fiz, que eu só percebo de vídeos em direto, pouco mais). Parece que a teoria dos 21 dias é uma técnica que ajuda a desenvolver confiança, entusiasmo, determinação. Ajuda a traçar e visualizar objetivos. E para isso, segundo Maxwell Maltz, «A ‘autoimagem’ é a chave para a personalidade humana e o comportamento humano. Mude a autoimagem e mude a personalidade e o comportamento.» Assim, consequentemente. Experimentem.


21 Dias de Aceitação Pessoal

E é precisamente por causa da curiosidade deste senhor que eu entrei no Desafio 21 Dias 21 Diretos. É que ele sabe que depois destes diretos (comportamento que repetirei durante 21 dias seguidos), estarei com uma autoimagem bem mais confiante. São 21 dias de aceitação pessoal em que saímos da nossa zona de conforto. Aprendemos a superar-nos a nos próprios, a aceitar a parte que escondemos de nós mesmos. Ultrapassam-se obstáculos interiores e, como prémio, também as limitações, medos ou vergonhas. Certamente que, se acompanham os diretos, já se aperceberam que estou cada vez com mais à vontade e com mais confiança a gravá-los. Eu já noto!


Improviso Segundo a Segundo

Se estou despenteada, com ou sem chapéu (muitos fãs ele tem), de pijama ou de nariz vermelho com o frio, nada me faz parar. Mas mesmo nada me atrapalha. Eu sou aquela que veem, nem mais nem menos. Não estou ali para parecer uma linda boneca de porcelana (dela só teria a cor). Ao Desafio 21 Dias 21 Diretos ainda acresce uma dificuldade. Não há “guião” ou teleponto. Eu nunca sei onde vou fazer os diretos nem do que vou falar. É tudo improvisado segundo a segundo (por isso me engasgo tantas vezes).

Se tenho medo de errar? Não! Nenhum. Até porque se eu disser algo incorreto há sempre quem me ajude a repor a verdade! E por causa disso sabem o que penso deste desafio? NO que deu para observar nestes singelos 10 dias? Que a tão desejada interação com quem me segue exista! Que ponha gente de todos os cantos do mundo a ver-me e a ouvir-me e a falar comigo tantas vezes (quase sempre) em direto. Que seja o que for que eu diga, pareça eu como parecer, com mais ou menos rugas, não tenho receio do que poderão opinar. Porque a confiança que tenho em mim, ninguém a derruba. É. Má notícia para quem tenta criar uma imagem de mim que não existe. Coitados, até dá pena…(mentira, dá nada!)

Comments

  1. Pingback: Trincaxar, a sensação de trincar chá com bolinhas é viciante!

    1. Post
      Author
  2. A Mulher do 31

    Mulher, tu sabes fazer as coisas. Excelente explicação para este desafio! É isso tudo. Ah, mas não te esqueças da teoria que afinal são 66 dias. Viste o artigo que partilhei a propósito n’ A Mulher do 31 (Facebook)!?

    (O que é que a iluminação com sensores dos wc’s e o ferro de engomar tem a ver com os 21 dias!? A “escolha” do related é engracada rsrsrsrssrsrs)

    1. Post
      Author
      Minorka

      Qualquer dia são 99, ou 365! Hehe! Sim, vi a publicação. No fundo acho que cada um de nós precisa do seu próprio tempo, mas isso não invalida que haja um dia em que comecemos a mudança de hábitos! E se forem 21 dias até conseguir ótimo, caso contrário lá vêm os 66… Especificamente para dietas, gosto mais da teoria do 21 dias…
      (Meti este post nas reviews e lá vieram essas maluqueiras agarradas! hehe)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *