Festival da Canção

Vai Salvador!

Todos os Festivais da Canção são para mim um encontro de parolice com um mau gosto altamente concentrado e altamente interessante. Mas desta vez temos um trunfo! Vai salvador!

Adoro portanto.

 

A lamechice continua a marcar estes encontros assim como o vou só ali vomitar e já volto. Acho que este ano houve um concurso paralelo e secreto das piores e mais estranhas coreografias, concurso esse que se manteve desconhecido até ser demasiado evidente.

Vai Salvador! Faz diferente!

Os moldavos estariam num casório a ter um comportamento exemplar. Quando começou o bailareco não resistiram ao som tendo começado o descalabro. Eram como bailarinas e bailarinos frustradas naqueles passos que lembrava pulgas nas pernas direitas daquela malta. E o que eles tentaram livrar-se delas! (sem sucesso pareceu-me, talvez um banho não?)

Agora ainda mais a sério. Chipre porquê isso? Há especialistas em problemas mentais e problemas mentais não são de ter vergonha! Pior mesmo foi o que fizeram em palco internacional… uma coreografia que me deixou em desespero o tempo todo e absorta no absurdo. E, por curiosidade, é
assim que se canta?

Quanto ao Salvador, parabéns! A sua maneira bastante peculiar embora ligeiramente apaneleirada encanta uma gaja pah!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.